Síndrome do intestino irritável (SII)

A síndrome do intestino irritável (SII) afeta entre 10% a 15% da população geral sendo as mulheres mais acometidas na maioria dos estudos.

É considerada um distúrbio funcional onde não existem anormalidades estruturais no intestino que possam ser descobertas através de exames endoscópicos, laboratoriais ou de imagens.

A SII é caracterizada pelos critérios de Roma IV que consistem em: dor abdominal acompanhada da mudança da frequência das fezes e/ou da mudança no formato das fezes.

Esses sintomas devem estar presentes por um período de 6 meses, sendo no mínimo 1 vez por semana nos últimos 3 meses.

Ela pode ser classificada de acordo com a predominância do hábito intestinal nas formas: diarreicas, constipantes, mistas ou sem subtipo.

sindrome-do-intestino-irritavel-SII

Origem da Síndrome

Sua origem não é completamente esclarecida mas acredita-se que haja uma desordem do eixo cérebro- intestino que pode ser desencadeada por: predisposição genética, fatores ambientais, resposta anormal ao stress, doenças psicossomáticas e infecções intestinais prévias/ disbiose.

Esses fenômenos geram ativação da cascata inflamatória intestinal, exacerbando os sintomas através de uma hipersensibilidade visceral.

Sintomas da Síndrome do intestino irritável

A presença dos sintomas característicos é suficiente para fecharmos o diagnóstico da síndrome.

Porém, em alguns casos específicos devemos fazer exames complementares para descartar outras doenças que se apresentam com sintomas semelhantes.

O diagnóstico diferencial deve ser feito nas seguintes situações:

  • pacientes com idade > ou = a 50 anos sem rastreio prévio de câncer colorretal;
  • mudança recente do hábito intestinal (menos de 6 meses);
  • presença de sangramento intestinal;
  • dor noturna ou durante a evacuação;
  • perda de peso não intencional;
  • histórico familiar de câncer colorretal ou de doença inflamatória intestinal (retocolite ou crohn);
  • presença de massa abdominal palpável ou linfonodos aumentados;
  • presença de anemia ou deficiência de ferro;
  • exame de sangue oculto nas fezes positivo;

Tratamento da Síndrome do intestino irritável

O tratamento inicial sempre será com as mudanças dietéticas, consumo de fibras e medicações que aliviam os sintomas como os antiespasmódicos, antidepressivos, probióticos, laxativos, etc.

Ele deve ser sempre individualizado de acordo com as queixas do paciente.

Um acompanhamento nutricional e psicológico é de extrema importância para o sucesso do tratamento.

Atividades físicas, meditação, acupuntura, hipnose também têm mostrado benefícios.

Somatizações e Doenças Psicossomáticas

Você sabia que nosso emocional pode gerar ou exacerbar sintomas de algumas doenças?

A etimologia da palavra psicossomática vem do grego, psykhé= psico-mente + soma = alma-corpo.

Considera-se a psicossomática como um campo do conhecimento que se preocupa com a interface entre o Biológico e o Humano.

Uma abordagem que compreende o ser humano através de uma perspectiva bio-psico-social.

Os fatores emocionais influenciam todos os processos do corpo, através das vias nervosas humorais.

Os fenômenos somáticos e psicológicos ocorrem no mesmo organismo e são apenas dois aspectos do mesmo processo.

Ou seja, não é possível desconsiderar as implicações emocionais e psíquicas das patologias.

saiba-quais-os-sintomas-da-sindrome-do-intestino-irritavel

Trago como exemplo a síndrome do intestino irritável, condição multifatorial, proporcionando algumas reflexões: o que está difícil de absorver?

Existe algum desconforto difícil de manter em si que deseja eliminar a todo custo?

Há alguma dificuldade em deixar ir?

Note que essas perguntas podem ser feitas em relação à pessoas, situações e sentimentos. ‌

O local afetado e a intensidade, é muito singular para cada indivíduo.

Não podemos generalizar e dizer “ombro é isso, cabeça é aquilo” sem antes avaliar a história pessoal de cada um.

Tratamos indivíduos, então a pergunta não é “o que significa gastrite?”, pois nenhuma doença é um ser independente.

Qualquer condição só pode ser manifestada se tiver um ser humano para hospedá-la.

Quantas vezes as patologias são as protagonistas de nossas vidas e vem antes de nós próprios?‌

sindrome-do-intestino-irritado

Apesar dos sintomas comuns dentre as classificações de cada desequilíbrio ou doença, gosto de lembrar que aquela mensagem que está sendo trazida via dor ou inflamação, só você pode traduzir e compreender o recado que o seu corpo está tentando te trazer.‌

O apoio psicológico é fundamental para compreender as causas que levaram à determinada condição, como também para lidar com as consequências do processo de tratamento, que muitas vezes envolvem mudança de rotina, de hábitos e até das relações com as pessoas mais próximas.

Identificou alguma questão que precisa ser olhada e compreendida?

Fico à disposição para auxiliar nesta busca de conhecer melhor a interação do seu corpo com a sua mente e emoções.

A psicóloga Larissa Ferraz Naturóloga está a disposição para te ajudar!

Larissa Ferraz
Psicóloga e Naturóloga
CRP: 06 154898

Dieta Low FODMAPs

Os FODMAPs são tipos de carboidratos que, para muitas pessoas, podem ser difíceis de serem digeridos corretamente.

São carboidratos fermentáveis, presentes em vários alimentos comuns do dia a dia, e que podem estar envolvidos em diversos problemas gastrointestinais, como por exemplo Síndrome do intestino irritável (SII).

Pode vir também por fatores como: angústia, ansiedade, depressão, raiva e impulsividade e em crianças, influenciam essa hipersensibilidade, mas alguns pacientes atribuem os sintomas a determinados alimentos).

FODMAP é uma sigla em inglês que significa “oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis fermentáveis”.

Sendo que oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis são tipos de carboidratos e esses carboidratos são encontrados em muitas variedades de frutas, legumes e grãos. 

Quer obter mais informações?

Mayara G Souza, CRN 43881

Atendimento HoloWellness / Nutricionista Energética / Coach em Mindfulness e Mindfuleating

Ou acesse a matéria completa sobre FODMAPs

Conclusão

 

A causa da síndrome do intestino irritável não é bem compreendida.

O diagnóstico costuma ser feito com base nos sintomas.

Os sintomas incluem dor abdominal, inchaço, diarreia e constipação.

Algumas pessoas podem administrar os sintomas com o controle de dieta, estilo de vida e estresse.

Outras precisam de medicação e terapia.

É sempre importante um acompanhamento multidisciplinar para melhores respostas no seu tratamento!

 

Compartilhe conhecimento! S2

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
dra-marcella-coloproctologista-sp

Dra. Marcella Sousa
CRM-SP 148489

É coloproctologista e cirurgiã pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Possui título de especialista pela associação médica brasileira e pela sociedade brasileira de coloproctologia. Atua em São Paulo desde 2015 auxiliando pacientes da rede privada e do SUS nas diversas áreas da especialidade. Tem como objetivo em seus atendimentos, além da ciência e atualização, proporcionar um ambiente com muita tranquilidade, confiança e empatia durante as consultas.

Marcella Guilherme Carolino de Sousa - Doctoralia.com.br
Post Recentes

Coloproctologista na Vila Olímpia – SP

Endereço da clínica:

Av. Dr Cardoso de Melo 1666. conj. 12- 1 andar

Vila Olímpia. CEP: 04548- 000

Telefone: (11) 23728235

Ir para o Google Maps

Horário de Atendimento:

Quarta: Telemedicina das 14:00h às 16:00h

Sexta: 8:00h às 13:00h

Direitos reservados @dramarcellasousa – Desenvolvido por Mkt Digital Integrado

Open chat
Precisa de ajuda?
Olá 👋
Como podemos te ajudar?